A Casa Espiritual de Deus

download A Casa Espiritual de Deus

of 72

  • date post

    12-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    26
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of A Casa Espiritual de Deus

PRLOGO

APRESENTO THEODORE AUSTIN SPARKS

T. Austin Sparks foi um daqueles candiles que brilharam durante os anos que transcorreram entre 1930 e 1970... anos de seca espiritual nos Estados Unidos e Gr-Bretanha.Os estudiosos da igreja, ao investigar na histria passada, procuram homens que denominam dissidentes, ou seja, homens que em cada sculo tiraram a cabea da igreja institucional. Como cortados sob um mesmo padro, os historiadores aprenderam que estes homens contriburam grandemente ao sopro de coisas frescas durante os sculos em que viveram. T. Austin Sparks foi um destes homens, e foi gigante entre gigantes.At o dia de hoje os homens que no sculo vinte cujos nomes passaram a formar parte dessa espcie to pouco comum so Watchman Nee da China, Prem Predham do Nepal, Bakht Singh da ndia, e T. Austin Sparks de Gr-Bretanha. Converteram-se em uma s voz inequvoca que atuou fora da igreja estabelecida. Dos quatro, s Nee e Sparks escreveram com certa extenso. Os livros de Watchman Nee se contam por duzentos. Os livros do T. Austin Sparks superam a centena. Seus escritos nos proporcionam uma viso pouco comum das mentes de homens que pensaram e viveram alheios mentalidade da igreja tradicional. interessante mencionar que ambos foram amigos, contemporneos e mentores um do outro.Muitas coisas se sabem de Watchman Nee, e quase todo seu ministrio nesta terra se pode encontrar em forma manuscrita. Esta proteo do ministrio oral de Nee se poderia atribuir ao feito de que fora o fundador de uma srie de igrejas na sia conhecidas como "O Pequeno Rebanho. Por outra parte, T. Austin Sparks s levantou uma obra, "The New Christian Fellowship", localizada em uma rua chamada Honra Oak. frequente ouvir referir-se a seu ministrio como "o ministrio de Honra Oak. interessante mencionar que Deus levantou estes homens para que falassem com a primeira metade do sculo vinte. Watchman Nee nasceu ao redor de 1900. Seu ministrio oral finalizou em 1950. T. Austin Sparks nasceu no ano 1888. Bakht Singh tambm nasceu a princpios do sculo vinte. A histria espera por descobrir a quem levantou Deus para que falasse na ltima metade do sculo vinte... aqueles homens que falaro para o sculo vinte e um. hora de que os cristos descubram o T. Austin Sparks. H algo elevado e inconfundvel no estilo e uma profundidade incomparvel no que se refere ao ministrio deste homem. Simplesmente no existe em nenhum outro ministrio um enfoque to claro em Cristo como o centro de tudo. O que ele nos oferece no pode achar-se em nenhum outro stio.De muitas maneiras poderia dizer-se que T. Austin Sparks desenvolveu um ministrio de fala inglesa mais variado e profundo que qualquer outro fora da igreja institucional.Passar por cima do ministrio de T. Austin Sparks perder uma das maiores contribuies famlia crist dos tempos modernos.

Gene Edwards

CAPTULO UMA EXALTAO DO FILHO DE DEUS

Leia: 1 Crnicas 22:1-19; 28:5-7; 29:20, 22-25; Atos 2:30-36; 7:47-49; 1 Pedro 2:4-5; Hebreus 3:6; 12:5, 9; Efsios 1:20-23.

Estive muito ocupado ultimamente com este assunto da adoo como filho na Casa de Deus, e chego concluso de que parte disto tem que ser a mensagem do Senhor neste tempo. H muitos aspectos desta casa espiritual. Ainda est por ver quantos seremos capazes de considerar.At certo ponto se v que este tema extremamente relevante para o que est acontecendo sobre a terra neste tempo presente. Em particular encerra uma mensagem muito viva e real para o povo do Senhor, e confio em que procuremos nos reajustar pessoalmente a esse fato e no considerar isto to somente como um ensino bblico que aprofunda um pouco mais e que nos tenha que resultar a cada um mais ou menos familiar.

CRISTO EXALTADO AO MXIMO: A CHAVE DO TESTEMUNHOTeremos que comear com o que as Escrituras to claramente indicam como o ponto de partida da Casa de Deus, em uma palavra, a exaltao do Filho ao lugar de suprema autoridade e glria. A casa espiritual (a qual somos ns) existe prospectivamente para este mesmo propsito de proclamar e alegrar-se no fato da exaltao do Filho de Deus. As passagens que lemos do Antigo Testamento, que so profticas, que apontam para a casa espiritual, corroboram todos eles este fato e o mostram em smbolos de uma forma muito clara e maravilhosa. Comea a ficar cada vez mais patente que o filho mais admirvel que teve Davi - pois Deus lhe tinha dado muitos filhos - foi aquele eleito por Deus para ser exaltado a um lugar de glria e poder acima de quanto tinha sido outorgado a qualquer que lhe tinha precedido; e interessante advertir que, embora Salomo foi ordenado e escolhido por Deus para essa posio, no teve que manifestar-se como distinto para isso at que algum mais fez uma tentativa por abordar essa posio. Recordaro o pequeno incidente de Adonias, que com astcia tratou de procurar o trono e assim conseguir o que Deus tinha designado para Salomo. Em apoio a essa sutil argcia de usurpar o trono designado para outro, Salomo foi feito notrio, foi manifestado luz e proclamado como aquele escolhido por Deus. algo que quase passa inadvertido, que ocorre de passagem, mas interessante observar que quando o Filho de Deus e a nomeao de Deus com respeito a Seu Filho sofreram ataque e se procurou Seu lugar sob conspirao, o Senhor Jesus foi descoberto luz como Aquele a quem Deus tinha escolhido. algo que se repete. Aconteceu no caso de Salomo. Assim foi no caso do Senhor Jesus no princpio desta dispensao. Voltar a acontecer no fim quando o Anticristo far sua tentativa pelo domnio do mundo, e ento Deus apresentar Seu Filho como Aquele escolhido e ungido para essa posio, e ento tudo ser posto em sujeio sob Seus ps de uma forma patente e manifesta, do mesmo modo que agora o so em latncia e em esprito.A casa que se mostrou atravs de Salomo foi uma realidade sobre a base especfica da exaltao de Salomo, sobre o suporte de que ele era famoso e que Deus tinha reunido todas as coisas nele. Quando Salomo foi posto em seu lugar, ento a casa foi posta em uma clara evidncia, e quantas coisas se dizem a respeito de Salomo so maravilhosas. Todas elas falam de sua glria, de seu poder, de sua riqueza, da mente de Deus aproxima daquele que tem que possuir o trono, e assim a casa se converte no smbolo mesmo da glria do Senhor, a exaltao do rei. A casa que tinha que construir-se para o Senhor tem que ser em extremo magnfica. A casa reflete ao rei, aquele que filho e prncipe da casa em simbologia.Por estes Escritos do Antigo Testamento entrevemos precisamente o que temos no Novo Testamento, e assim que podemos chegar dispostos a este primeiro elemento e principal quanto casa espiritual da qual somos chamados a ser pedras vivas, de que nossa existncia mesma para a proclamao - ao qual fomos convocados do mesmo modo que com respeito a nosso testemunho - da exaltao do Filho de Deus.Quer dizer, tudo comea a, com a exaltao de Cristo, e isto primeiro nos Cus. A Igreja teve seu comeo quando Ele foi exaltado mo direita de Deus. Tudo proveio daquilo, e no princpio as coisas na Igreja foram espiritualmente muito gloriosas e preciosas. No tenho qualquer dvida de que os anjos tomaram nota do que estava ocorrendo ento em pr da glria e o louvor de Deus, e assim mesmo temos razo para acreditar que os demnios estavam impressionados. Tudo viu seu florescer a partir da exaltao do Filho de Deus, este ainda "maior que Salomo".

O CONTRAPONTO ESSENCIAL EXALTAO CELESTIALMas quanto a ns, embora este fato segue vigente e suporta grande nmero de bnos associadas, para que tenha um comeo prtico a exaltao do Senhor Jesus Cristo, tem que ser algo interior, e para ns o comeo de todas as coisas requer que exista um contraponto em nossos coraes exaltao do Filho nos Cus; o que Deus quer fazer ver o ter glorificado a Seu Filho um assunto de realidade espiritual dentro de ns. Ele toma absoluta posse da coroa com todas as coisas em sujeio a Ele. Podem observar como conclui a crnica da coroao de Salomo. Todos os principais, os valentes e todos os filhos do rei Davi se submeteram autoridade do rei Salomo. (1 Crnicas 29:24). Foi duplamente coroado... "e pela segunda vez proclamaram rei a Salomo".Agora tm a base, se que h alguma, para uma "segunda bno"! Agora podem falar de "segunda bno". Aqui estamos, isto o que , o segundo. O que Deus tem feito nos Cus se faz em nossos coraes. Temos razes para nos regozijar e nos sentir em extremo benditos de que Deus tenha levantado a Jesus dentre os mortos e lhe tenha colocado Sua prpria mo direita. H coisas indescritveis que isso contm para ns. Assim a "segunda bno" significa que isto se converte em algo que contm realidade em ns, e que o que certo nos Cus quanto a todas as coisas postas sob Seus ps, submetidas a Ele, certo dentro do reino de nossas vidas. Esse o perfil da plenitude da bno.Todas as coisas, como j tenho falado, provm daquilo, comeam ali. A vida mesma d seus primeiros passos para uma realidade quando Jesus absoluto Senhor do interior. No chegamos a uma plenitude de bno quando Jesus se reduz a ser Salvador. A plenitude da bno conhecido quando Ele Senhor e tem todas as coisas de nosso interior sob Seus ps, submetendo-se a Ele. a forma de atuar da bno. Devemos dar conta de que a bno que Deus planejou para o homem, a plenitude que teria que ser a herana do homem, perdeu-se por causa de Satans, o qual procurando usurpar o lugar do Filho de Deus como Senhor operou com astcia por meio de seu discurso e fez acreditar no homem que o perderia tudo se continuasse em uma sujeio a Deus."Por que no ser Deus voc mesmo?", disse ele. Em outras palavras, por que levar uma vida limitada estando sujeito a Deus e depender Dele! Seguindo por essa trajetria, o homem perdeu toda a plenitude, e agora a plenitude restaurada estando tudo sujeito ao Filho de Deus, e submetendo-se a Ele em todas as coisas. Essa foi a grande mentira de Satans, e por isso que Satans no gosta que Jesus Cristo seja Senhor, e pelo que com tanto ardor disputa com quaisqu